Policiais

DUPLA É PRESA ACUSADA DE LATROCÍNIO NO PARQUE DO POVO, EM CAMPINA

Publicado dia 21/06/2017 às 08h37min
Durante o depoimento o maior confirmou que tanto ele como o menor estavam em Campina Grande na noite do crime

     Policiais civis do Núcleo de Homicídios da cidade de Bayeux na região Metropolitana de João Pessoa conduziram para a Delegacia da cidade nesta terça feira (20) um homem e um adolescente suspeitos de envolvimento na morte do vendedor Davson Barbosa, assassinado no domingo (18) com um golpe de faca no pescoço.

De acordo com o amigo da vítima, os dois estavam assistindo o show no Parque do Povo e em um determinado momento foram até o banheiro, quando saíram foram abordados por um grupo de rapazes que tentou roubar os pertences deles, o vendedor tentou escapar da abordagem e foi ferido ainda na área dos banheiros. Davson morreu antes de receber socorro. Os suspeitos fugiram, mas a polícia conseguiu recuperar imagens do circuito de segurança do Parque do Povo que mostram quatro pessoas minutos antes do registro do crime conversando próximo a bateria de banheiros. E foram estas imagens que ajudaram no reconhecimento dos dois suspeitos pelos agentes do Núcleo de Homicídios de Bayeux.

 

 

“Os nossos policiais reconheceram na imagem de um dos suspeitos por ele já ter sido preso na Operação Surdina que aconteceu aqui na cidade, ele foi localizado e trazido aqui para esta delegacia junto com um menor com o objetivo de serem investigados sobre este caso. Nós entramos em contato com os delegados responsáveis pelas investigações deste crime de latrocínio na cidade Campina Grande e fornecemos imagens dos suspeitos para que eles pudessem verificar se as pessoas que estavam aqui eram a mesma que apareciam no vídeo. As autoridades policiais informaram que existia uma grande possibilidade de um deles ser o autor do latrocínio”, falou o delegado Pedro Ivo.

Durante o depoimento o maior confirmou que tanto ele como o menor estavam em Campina Grande na noite do crime “Eu coloquei as imagens do circuito de segurança para ele ver e o maior confirmou que eles saíram daqui no, domingo para Campina Grande em um ônibus fretado, participaram dos festejos e confessou que estavam dentro do banheiro como as imagens mostram. Ele disse ainda que as outras duas pessoas que aparecem nas imagens perto deles no banheiro são conhecidos deles”, disse o delegado seccional Magno Toledo .

Os dois suspeitos foram entregues no inicio da noite a equipe da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Campina Grande responsável pelo inquérito policial. Eles foram levados para a Central de Polícia que fica no bairro do Catolé para que seja feito o auto de reconhecimento e identificar se eles estão envolvidos ou não no latrocínio que teve com vítima o comerciante Davson Barbosa.      

Fonte: Polícia Civil